Comentários

Museu do Mangá no Brasil — 3 Comentários

  1. A cidade de Garça (em SP), fez um “Museu dedicado ao Mangá”.

    Tá, e Kiko que temos a ver com isso?…

    A grande verdade é que… Se não fosse a iniciativa de pesquisadores acerca do assunto, grupos de estudo e/ou a iniciativa isolada de um ou outro, não se teria tanto material disponível para estudo. E não falo só de um mangá original ou de um antigo acetato, mas… Será que alguém guarda um folheto ou cartaz de um evento? Faz um DVD como recordação de sua apresentação cosplay? Registra com carinho a sua MEMÓRIA, a sua CULTURA?

    Em breve, o Rio de Janeiro terá o novo Museu da Imagem e do Som. Seria uma boa oportunidade de uma instituição guardar com segurança, o pouco que alguns ainda juntam para “estudos” ou “posteridade”.

    No dia que eu morrer, já sabem: Venham até a minha casa, e peguem todas as minhas tralhas! Seria um destino bem mais digno do que o infecto caminhão de lixo. Parabéns para a Prefeitura de Garça. E desagravo para muitos que não pensam no tocante da preservação histórica deste tipo de registro.

    Afinal, se não se existisse a Internet, onde consultaríamos este material? Vindo até a casa de um ou outro? Enfim, é isso!…

  2. Pingback: História – Ontem e Hoje: Anime e Mangá em Solo Brasileiro (Parte 2) | "É Só Um Desenho"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *