O Poder Feminino em Cavaleiros do Zodíaco

Lutando ou não, são elas que têm o verdadeiro poder em Cavaleiros do Zodíaco. Por elas, eles movem montanhas, lutam, despertam seus sétimos sentidos, choram, dão suas vidas e descobrem a força da amizade e do amor. Olha que para fazer um cara passar por tudo isso é preciso muito poder! Vamos nos lembrar de algumas das grandes heroínas dos Cavaleiros:

SAORI KIDO

Tem menina morrendo de inveja dela. Afinal, ela é a razão de ser de 88 Cavaleiros, sendo que cinco deles andam grudados nela como sombras. Quando criança, SAORI era uma típica garotinha rica, mandona e metida, mas à medida que foi amadurecendo, foi se transformando numa pessoa amiga e dedicada. Ao descobrir que era a reencarnação de Atena, SAORI desperta um cosmo mais poderoso que o próprio sétimo sentido, mas o usa apenas para a defesa e para a cura, nunca para atacar (daí a razão de ela precisar dos Cavaleiros). Inspirando a paz e tendo de zelar pelo bem da humanidade, o trabalho de SAORI não tem fim. O mais dedicado e apaixonado de seus defensores é com certeza o SEIYA. O engraçado é que, antes de descobrir que SAORI era Atena, ele não se dava muito vem com ela. As coisas mudam na vida, não?…

SHUNREI

O grande poder de SHUNREI é o amor e a dedicação incondicional que tem por SHIRYU. Ela foi abandonada nas Montanhas de Ro e adotada pelo Mestre Ancião. Cresceu junto com SHIRYU, sendo criados como irmãos pelo Mestre, formando uma família à qual SHIRYU se apegou muito. SHUNREI é toda a diferença entre a vitória e a derrota na vida de SHIRYU, tendo sido a força e o caminho de que ele precisou nas horas mais difíceis. Quando SHIRYU ficou cego, SHUNREI cuidou dele dia e noite. Lutando contra Máscara da Morte, SHIRYU foi trazido de volta à vida pelas orações de SHUNREI, e, quando ela foi atacada, o Cavaleiro de Dragão ficou possesso e despertou o seu sétimo sentido! Realmente, só ela conseguiria tornar SHIRYU mais poderoso do que já era, e tem muita menina que adoraria estar no lugar dela…

ESMERALDA

O rosto dela está gravado no coração de IKKI como se tivesse sido esculpido numa rocha. Sem ESMERALDA, mesmo o forte e valente IKKI não teria conseguido sobreviver ao cruel treinamento na Ilha da Rainha da Morte. Além da amizade e do carinho, IKKI tinha mais uma razão para gostar dela: ESMERALDA era a cara do SHUN. Ela arriscava o próprio pescoço todas as vezes que is ver IKKI e cuidar de seus ferimentos, pois se seu pai (o Mestre da Ilha) descobrisse que o ajudava, com certeza a mataria.

Além de ter sido umas das poucas pessoas que conseguiram ver o lado gentil e delicado de IKKI, ESMERALDA o ajudou a tornar-se um Cavaleiro, alimentando sua esperança e seu bem-querer. Foi a dor de perdê-la que fez IKKI tornar-se mais forte que seu próprio Mestre,mas também fez com que ele se revoltasse contra tudo e todos. As lembranças de ESMERALDA, associadas ao carinho de SHUN e a amizade dos demais Cavaleiros, transformaram IKKI num nobre guerreiro.

A MÃE DO HYOGA

Mãe é mãe: isso ninguém discute. E existe poder maior do que o amor de uma mãe? A mãe do Cavaleiros de Cisne é um exemplo de amor abnegado. Para ajudar e proteger seu filho, ela não pensou duas vezes em dar seu próprio lugar para ele, nos poucos salva-vidas do navio em que estavam, durante o naufrágio em que acabou morrendo. Por mais que as lembranças de sua mãe atrapalhassem HYOGA alcançar seu sétimo sentido, a gente chega a dar razão a ele por ser sentimental daquele jeito. E quando HYOGA teve que enfrentar Camus, o Cavaleiros de Aquário, novamente a sua mãe da outra demonstração de seu amor: à beira da morte, HYOGA até se sente confortado pela ideia de ir para onde estão seu Mestre, o Cavaleiro de Cristal, a quem considera como um pai, e sua mãe. Ao ver HYOGA correndo em sua direção, no outro mundo, a mãe lhe diz para não vir, pois ainda tinha muitas coisas a realizar na vida. Bem se vê de quem HYOGA puxou a determinação.

JUNE

A bela amazona de Camaleão foi sempre sinônimo de amizade e força moral para SHUN. Desde sua chegada à Ilha de Andrômeda, SHUN encontrou nela uma pessoa amiga, que o entendia e com quem podia conversar. JUNE sempre demonstrou simpatia por SHUN, torcendo por ele nos duelos e cuidando de seus ferimentos. Sabendo que SHUN detestava lutar, mas que isso era inevitável para que reencontrasse seu irmão, JUNE o apoia e o motiva, lembrando-lhe os objetivos que ele quer alcançar. Poderosa e hábil como todas as amazonas, JUNE usa bem o chicote e é o braço direito do Cavaleiro de Prata Albiore, o Mestre da Ilha. Depois da morte de Albiore, JUNE se preocupa em avisar SHUN, e tenta impedi-lo de ir ao Santuário, temendo que também fosse morto. Graças a ela, SHUN sempre identificou árida Ilha de Andrômeda como um lar, pois passou a entender que lar é onde moram as pessoas queridas.

MARIN

É a poderosa amazona de Águia e é a única amazona oriental no Santuário. Seu cosmo e suas habilidades não deixam nada a dever par qualquer Cavaleiro. Ponderada, gentil, mas exigente em treinamentos, foi ela que moldou SEIYA para ser um grande defensor de Atena. Sempre pronta a defender SEIYA, mesmo arriscando a própria vida, o verdadeiro poder de MARIN vem dessa dedicação por ele, que faz com que seja meio mãe, meio irmã e meio anjo da guarda de SEIYA. MARIN é respeitada por suas habilidades e também por suas qualidades pessoais, principalmente pelo poderoso e gentil amigo Aioria, o Cavaleiro de Leão. Dizem que as mulheres são aliadas naturais e isso pode ser verdade: MARIN sempre teve problemas para se entender com SHEENA, a amazona de Cobra, mas na hora H, por causa de SEIYA, uma acabou ajudando a outra…

SHEENA

Ela é a prova de que amor e ódio andam juntos. Fiel ao perverso Mestre do Santuário, SHEENA era ruim à beca. Hábil e poderosa, ela queria porque queria acabar com SEIYA, ora porque ele tinha visto seu rosto, ora por ele ter vencido seu aluno Cássius, ora por qualquer outro motivo. Aos poucos, percebemos que na verdade ela ama SEIYA, mas quer acabar com ele por achar que seu amor nunca será correspondido. Ela pensa se não posso ficar com ele não vai ficar com ninguém. Mas como quem ama não mata, na hora H SHEENA preferiu arriscar a vida para proteger SEIYA. Êta relacionamento confuso, sô!

ERI

A fama de cara frio do HYOGA foi por água abaixo com a jovem professora do orfanato da Fundação, ERI. Meiga e amiga das crianças, ERI não pensou duas vezes ao arriscar sua vida para tentar proteger um menino de ser atropelado. Se não fosse HYOGA, a coisa ia acabar em tragédia, mas claro que com isso ele não poderia deixar de reparar nela (Alguma semelhança com sua mãe? Complexo de Édipo?). ERI acabou sendo vítima da malvada Eris, irmã de Ares, o espírito da guerra. Eris se apossou do corpo de ERI para tentar se vingar de SAORI e dos Cavaleiros. E como o HYOGA e os Cavaleiros sofreram para salvar ERI e SAORI! Sob correta inspiração, bem se vê que um Cavaleiro é capaz de fazer milagres…

MINO

Amiga de infância de SEIYA, desde pequena sempre foi apaixonada por ele. Na esperança de reencontra-lo, depois que ele foi mandado em treinamento para a Grécia, ela tornou-se professora do orfanato e esperou seu regresso, por ocasião do torneio Guerra Galáctica. O único problema é que SEIYA gosta da MINO apenas como amiga, mas como a esperança é a última que morre, a dedicada e gentil MINO espera que um dia SEIYA perceba o quanto ela gosta dele.

FLAIR

HYOGA, além de Cavaleiros, prova ser também um cavalheiro em relação a FLAIR, a gentil e bela irmã de Hilda de Polaris. Disposta a tirar a irmã do controle maligno do Anel Nibelungo, FLAIR compra uma briga com os guerreiros-deuses de Asgard e com a própria Hilda ao libertar HYOGA, que estava preso nas masmorras. FLAIR é escoltada por HYOGA para ir ver SAORI e pedir ajuda para salvar Hilda e Asgard. Quando HYOGA foi atacado por Hagen, FLAIR tentou convencer seu antigo amigo e protetor a não matar o Cavaleiro, e entender que o mal estava se apossando de Asgard. Mas Hagen acabou atacando ambos e HYOGA protegeu FLAIR com seu próprio corpo, matando Hagen ao se defender. Bem que FLAIR reparou no leve bronzeado que Cisne tem por viver em lugares ensolarados, mas antes de tudo, HYOGA é um Cavaleiros de Atena…

Autora: Cristiane A. Sato

AO USAR INFORMAÇÕES DESTE SITE, NÃO DEIXE DE MENCIONAR A FONTE www.abrademi.com – Cristiane A. Sato

LEMBRE-SE: AS INFORMAÇÕES SÃO GRATUITAS, MAS ISTO NÃO LHE DÁ DIREITO DE SE APROPRIAR DESTA MATÉRIA. CITANDO A FONTE, VOCÊ ESTARÁ COLABORANDO PARA QUE MAIS E MELHORES INFORMAÇÕES SOBRE DIVERSOS ASSUNTOS SEJAM DISPONIBILIZADOS EM PORTUGUÊS.

Please follow and like us:

abrademi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.